Páginas

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Maestro pernambucano Israel de França é espancado na Espanha


Do Diário de Pernambuco
Conhecido pela história de superação e também por ter sido vítima de um ato racista que repercutiu internacionalmente na década de 1980, o maestro pernambucano Israel de França foi novamente vítima de uma agressão, na noite desse domingo (23), na Espanha. Maestro e violinista da Orquestra de Camara Ciudad de Granada, no país europeu, ele foi espancado por policiais do Corpo Nacional de Polícia da Espanha, quando caminhava por uma das ruas do bairro de Zaidin, onde mora.
Segundo informações repassadas por amigos de Israel, ele estava caminhando com um amigo quando foi levado para dentro de um edifício e espancado. O caso foi relatado pelo próprio violinista, que está em casa, recuperando-se. De acordo com ele, não houve motivo para a ação. O homem que estava com Israel na rua pemaneceu do lado de fora do prédio, por ordem dos policiais.
Nascido em Pernambuco, Israel foi criado no bairro de Peixinhos, em Olinda, e mora há 23 anos na Espanha. Ele ficou famoso depois de protagonizar, ainda criança, um episódio de racismo que chocou o país. Ele foi detido quando corria nas proximidades do Parque 13 de Maio, com o violino na mão, para não se atrasar para uma apresentação, e só foi liberado depois de tocar o instrumento para provar que era realmente músico.
Segundo os amigos, Israel ainda está muito abalado e passou a maior parte do dia em casa, chorando. Ele esteve no estado em agosto, participando do Festival de Música Erudita do Recife.

Fonte: http://www.sul21.com.br/jornal/2012/12/maestro-pernambucano-israel-de-franca-e-espancado-na-espanha/

sábado, 15 de dezembro de 2012

Prêmio FITA de Teatro - Trófeu Ítalo Rossi 2012



TRÓFEU ÍTALO ROSSI 

Conheça os indicados ao Prêmio FITA de Teatro - Trófeu Ítalo Rossi


O resultado será entregue no dia da premiação, 19 de dezembro (quarta-feira) às 20h. no Theatro Net Rio, em Copacabana. A noite de premiação será apresentada pelos atores Marcos Veras e Júlia Rabello. 

Data: 19 de Dezembro (quarta-feira)
Horário: 20h.

Local: Theatro NET Rio – Rua Siqueira Campos, 143 / 2 Piso – Copacabana.

Componentes: Sérgio Fonta (Presidente do Júri), Ana Kutner, Daniele Avila Small, João Coelho e Lionel Fischer.

JURI TÉCNICO
Daniele Geammal indicada para melhor cenário pelo espetáculo "O Beijo no Asfalto"









1 - Melhor espetáculo:

O Beijo no Asfalto

Os Mamutes

Porcos com Asas

Preferiria Não?

2 – Melhor Figurino:
Flávio Souza (Mamutes)
Samuel Abrantes (O Auto da Compadecida)
 
Thiago Mendonça (O Beijo no Asfalto)

3 – Melhor Cenário:
Dani Geammal (O Beijo no Asfalto)
Marcos Chaves (À Primeira Vista)
Zanine de Zanine (Porcos com Asas)

4 - Revelação
Ator: Alexandre Lino (Domésticas)
Diretor e ator: Jefferson Almeida (Deus e o Diabo na Terra do Sol)
Diretor Musical: Renato Frazão (Deus e o Diabo na Terra do Sol)
 

5 – Melhor Ator Coadjuvante 
Iuri Kruschewsky (Porcos com Asas)
Jefferson Schroeder (Mamutes)
Luiz Antônio Fortes (Mamutes)

6-  Melhor Atriz Coadjuvante
Carolina Pismel (Mamutes)
Juliane Bodini (Mamutes)
Patrícia Ramalho (Porcos com Asas)

7 - Melhor Ator
Eduardo Albuquerque (Todo Mundo tem Problemas Sexuais)
Gustavo Rodrigues (Billdog)
Rafael Canedo (Porcos com Asas)
Xando Graça (O Beijo no Asfalto)

8 - Melhor Atriz 
Ana Baird (Obsessão)
Débora Lamm (Mamutes)
Letícia Cannavale (O Beijo no Asfalto)

9 - Melhor autor
Carla Faour (Obsessão)
Jô Bilac (Mamutes)
Rômulo Rodrigues (Favela)

10 – Melhor Diretor
Cláudio Handrey (Porcos com Asas)
Enrique Diaz (À Primeira Vista)
Henrique Tavares (Obsessão)
Inez Viana (Mamutes)

Prêmio Homenagem FITA 
Suely Franco (6 Aulas de dança em seis semana)

Categoria Especial
Daniela Amorim – Preparação Corporal (Mamutes)
Elenco do espetáculo Favela
Leysa Vida – Iluminação por Porcos com Asas
Márcio Tinoco – Músico e adaptação da trilha sonora de Billdog

JURI POPULAR

1 - Melhor espetáculo:

A Vida em Rosa

Porcos com Asas

Seis Aulas de dança em 6 semanas

Todo Mundo tem Problemas Sexuais

OBSERVAÇÕES FINAIS
  1. O júri, sob a presidência de Sergio Fonta, ao lado dos jurados Ana Kutner, Daniele Avila Small, João Coelho e Lionel Fischer, estabelece, em definitivo, o Prêmio Homenagem FITA, que, nesta edição, contempla a atriz Suely Franco por sua brilhante trajetória profissional e por seu trabalho no espetáculo “Seis Aulas de Dança em 6 Semanas”.
  2. O júri também cria, a partir deste ano de 2012, a categoria especial, na qual se inserem os segmentos não previstos nas demais categorias. Além disso, eventualmente, nas categorias já existentes, poderá sugerir até 4 (quatro) indicações.
  3. O júri faz questão de registrar a participação do ator, autor e diretor inglês Joe Bone na FITA 2012, nos espetáculos Billdog, Bane 2 e Bane 3.


quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

"Corporeal Mime" 1 - Yves Lebreton

Filme pedagógico sobre a técnica de Etienne       Decroux "Mime Corporal", com "base técnica" - Holstebro Teatro Laboratório - 1970






Assista a parte 2 em Yves Lebreton parte 2 

Sobre o método das ações físicas, por Jerzy Grotowski





"Os atores pensavam poder organizar seu papel através das emoções e Stanislavski por muitos anos de sua vida pensou assim, de maneira emotiva. O velho Stanislavski descobriu verdades fundamentais e uma delas, essencial para o seu trabalho, é a de que a emoção é independente da vontade. Podemos tomar muitos exemplos da vida cotidiana. Não quero estar irritado com determinada situação mas estou. Quero amar uma pessoa mas não posso amá-la, me apaixono por uma pessoa contra a minha vontade, procuro a alegria e não acho, estou triste, não quero estar triste, mas estou. O que quer dizer tudo isso? Que as emoções são independentes da nossa vontade. Agora, podemos achar toda a força, toda a riqueza de emoções de um momento, também durante um ensaio, mas no dia seguinte isto não se apresenta porque as emoções são independentes da vontade. Esta é uma coisa realmente fundamental. Ao contrário, o que é que depende da nossa vontade? São as pequenas ações, pequenas nos elementos de comportamento, mas realmente as pequenas coisas - eu penso no canto dos olhos, a mão tem um certo ritmo, vejo minha mão com meus olhos, do lado dos meus olhos quando falo minha mão faz um certo ritmo, procuro concentrar-me e não olhar para o grande movimento de leques (referência às pessoas se abanando no auditório) e num certo ponto olho para certos rostos, isto é uma ação. Quando disse olho, identifico uma pessoa, não para vocês, mas para mim mesmo, porque eu a estou observando e me perguntando onde já a encontrei. Vejam a posição da cabeça e da mão mudou, porque fazemos sempre uma projeção da imagem no espaço; primeiro esta pessoa aqui, onde a encontrei, em qualquer lugar a encontrei, qualquer parte do espaço e agora capto o olhar de um outro que está interessado e entende que tudo isso são ações, são as pequenas ações que Stanislavski chamou de físicas. Para evitar a confusão com sentimento, deve ser formulável nas categorias físicas, para ser operativo. É nesse sentido que Stanislavski falou de ações físicas. Se pode dizer física justamente por indicar objetividade, quer dizer, que não é sugestivo, mas que se pode captar do exterior.
O que é preciso compreender logo, é o que não são ações físicas. As atividades não são ações físicas. As atividades no sentido de limpar o chão, lavar os pratos, fumar cachimbo, não são ações físicas, são atividades. Pessoas que pensam trabalhar sobre o método das ações físicas fazem sempre esta confusão. Muito freqüentemente o diretor que diz trabalhar segundo as ações físicas manda lavar pratos e o chão. Mas a atividade pode se transformar em ação física. Por exemplo, se vocês me colocarem uma pergunta muito embaraçosa, que é quase sempre a regra, eu tenho que ganhar tempo. Começo então a preparar meu cachimbo de maneira muito "sólida". Neste momento vira ação física, porque isto me serve neste momento. Estou realmente muito ocupado em preparar o cachimbo, acender o fogo, assim DEPOIS posso responder à pergunta.
Outra confusão relativa às ações físicas, a de que as ações físicas são gestos. Os atores normalmente fazem muitos gestos pensando que este é o mistério. Existem gestos profissionais - como os do padre. Sempre assim, muito sacramentais. Isto são gestos, não ações. São pessoas nas situações de vida. Pois sobretudo nas situações de tensão, que exigem resposta imediata, ou ao contrário em situações positivas, de amor, por exemplo, também aqui se exige uma resposta imediata, não se fazem gestos nessas situações, mesmo que pareçam ser gestos. O ator que representa Romeu de maneira banal fará um gesto amoroso, mas o verdadeiro Romeu vai procurar outra coisa; de fora pode dar a impressão de ser a mesma coisa, mas é completamente diferente. Através da pesquisa dessa coisa quente, existe como que uma ponte, um canal entre dois seres, que não é mais físico. Neste momento Julieta é amante ou talvez uma mãe. Também isto, de fora, dá a impressão de ser qualquer coisa de igual, parecida, mas a verdadeira reação é ação. O gesto do ator Romeu é artificial, é uma banalidade, um clichê ou simplesmente uma convenção, se representa a cara de amor assim. Vejam a mesma coisa com o cachimbo, que por si só é banal, transformando-a a partir do interior, através da intenção - nesta ponte viva, e a ação física não é mais um gesto.
O que é gesto se olharmos do exterior? Como reconhecer facilmente o gesto? O gesto é uma ação periférica do corpo, não nasce no interior do corpo, mas na periferia. Por exemplo, quando os camponeses cumprimentam as visitas, se são ainda ligados à vida tradicional, o movimento da mão começa dentro do corpo (Grotowski mostra), e os da cidade assim (mostra). Este é o gesto. Ação é alguma coisa mais, porque nasce no interior do corpo. Quase sempre o gesto encontra-se na periferia, nas "caras", nesta parte das mãos, nos pés, pois os gestos muito freqüentemente não se originam na coluna vertebral. As ações, ao contrário, estão radicadas na coluna vertebral e habitam o corpo. O gesto de amor do ator sairá daqui, mas a ação, mesmo se exteriormente parecer igual será diversa, começa ou de qualquer parte do corpo onde existe um plexo ou da coluna vertebral, aqui estará na periferia só o final da ação. É preciso compreender que há uma grande diferença entre Sintomas e Signos/Símbolos. Existem pequenos impulsos do corpo que são Sintomas. Não são realmente dependentes da vontade, pelo menos não são conscientes - por exemplo, quando alguém enrubesce, é um Sintoma, mas quando faz um Símbolo de estar nervoso, este é um Símbolo (bate com o cachimbo na mesa). Todo o Teatro Oriental é baseado sobre os Símbolos trabalhados. Muito freqüentemente na interpretação do ator estamos entre duas margens. Por exemplo, as pernas se movem quando estamos impacientes. Tudo isso está entre os Sintomas e Símbolos. Se isto é derivado e utilizado para um certo fim se transforma em uma ação.
Outra coisa é fazer a relação entre movimento e ação. O movimento, como na coreografia, não é ação física, mas cada ação física pode ser colocada em uma forma, em um ritmo, seria dizer que cada ação física, mesmo a mais simples, pode vir a ser uma estrutura, uma partícula de interpretação perfeitamente estruturada, organizada, ritmada. Do exterior, nos dois casos, estamos diante de uma coreografia. Mas no primeiro caso coreografia é somente movimento, e no segundo é o exterior de um ciclo de ações intencionais. Quer dizer que no segundo caso a coreografia é parida no fim, como a estruturação de reações na vida. "

De uma palestra proferida por Grotowski no Festival de Teatro de Santo Arcangelo (Itália), em junho de 1988.

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

A Arte Secreta Do Ator 2012 - Odin Teatret Brasil - Edição comemorativa dos 5 anos do projeto na Capital Brasileira.



Arte Secreta Do Ator 2012 - Odin Teatret Brasil - Edição comemorativa dos 5 anos do projeto na Capital Brasileira. Confira a programação produzida pela Tao Filmes de 10 a 17 de dezembro: "AVE MARIA" espetáculo com a atriz Julia Varley em estreia Nacional em Brasilia no Teatro Goldoni, a palestra com o diretor Eugenio Barba "TECER RELAÇÕES - O Ator de um teatro laboratório" e lançamento da nova e dição ampliada e revista do Livro A ARTE SECRETA DO ATOR - um dicionario de antropologia teatral ( Editora É Realizções - Tradução Patricia Furtado de Mendonça) no IESB - Campus Sul e o V masters in residence exclusivo doOdin Teatret Nordisk Teaterlaboratorium de criação e montagem "Como Pensar através de ações" para atores e diretores do Brasil e Latinoamerica previmente selecionados no Solar Guadalupe. A quinta Arte Secreta do Ator tem a apoio cultural do Centro Universitario IESB ( Liliane Barbosa) e do Teatro Caleidoscópio ( Andre Amaro) . A organização é da Cia Yinspiração Poéticas Contemporâneas. Compartilhem e prestigiem!

domingo, 9 de dezembro de 2012

Made Djimat em demonstração de trabalho de Dança, 1996

Made Dijimat e sua sobrinha em demonstração dos processos que compreendem a Dança Balinesa. É para se deliciar...







Fico imaginando como ficaram os olhos de Artaud quando viu isso pela primeira vez! (digo, a Dança Balinesa) Maravilhado, com certeza! 



Para o meu trabalho, especificamente, esse vídeo traz a relação criativa e metafórica que se faz entre o titeriteiro e seu títere. A marionete em seus ritmos, tempos, volumes, fios, eixo, transferência de peso e estados (corpo e máscara). Aula inigualável!

Palestra-Demonstração Jornada com a Dança de Jennifer Muller


sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

The History of the World - Part Eleven by Hotel Modern



Música de David Bowie

Mostra Fim dos Tempos, na Caixa Cultural do Rio de Janeiro


Mostra no Rio de Janeiro tem o apocalipse como tema principal.
por Francisco Russo

Segundo os maias, o mundo chegará ao fim no próximo dia 21 de dezembro. O cinema, por sua vez, tem destruído o planeta Terra já há bastante tempo. Aproveitando a deixa, a Caixa Cultural do Rio de Janeiro realiza a partir desta sexta, 7 de dezembro, a mostra Fim dos Tempos, onde serão exibidos filmes que tenham o apocalipse como tema principal.



A programação da mostra contará com 12 filmes, das mais diversas épocas e estilos. Entre os destaques estão O Abrigo, premiado no Festival de Cannes mas lançado diretamente em home video no Brasil, e Melancolia (foto abaixo), que rendeu a Kirsten Dunst o prêmio de melhor atriz em Cannes.


O término do evento está marcado para uma data muito apropriada: 21 de dezembro. Afinal de contas, se os maias estiverem certos de que adianta agendar sessões para depois deste dia, não é mesmo? A Caixa Cultural fica localizada na Avenida Almirante Barroso, 25, no Centro, e o ingresso para cada sessão custa apenas R$ 2. Abaixo você confere todos os filmes que serão exibidos na mostra.

Lacuna, de André Lavaquial
O Sacrifício, de Andreï Tarkovski
O Abrigo, de Jeff Nichols
Quando o Vento Sopra, de Jimmy T. Murakami
Os Últimos Dias do Mundo, de Arnaud Larrieu e Jean-Marie Larrieu
Viagem ao Fim do Mundo, de Fernando Campos
Pulse, de Kiyoshi Kurasawa
A Última Onda, de Peter Weir
O Fim do Mundo, de August Blom
Melancolia, de Lars von Trier

A programação completa você pode conferir no site da Caixa Cultural.


Fonte: AdoroCinema - UOL

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

CENTRO COREOGRÁFICO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO_MOSTRA ESCOLA/FACULDADE ANGEL VIANNA







CENTRO COREOGRÁFICO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

.espetáculos da semana

MOSTRA ESCOLA/FACULDADE ANGEL VIANNA - SEMANA ANGEL VIANNA

Dias: 06 a 09 de dezembro
Horário: quinta a sábado às 19 horas, domingo às 18h
Ingresso: R$ 1,00

Uma semana dedicada a apresentação dos trabalhos e processos artísticos desenvolvidos pelos alunos da Escola e Faculdade Angel Vianna nesse segundo semestre de 2012. A Mostra Angel Vianna tem o objetivo de disseminar a produção dos novos criadores para um novo público de dança.

Classificação etária: Livre



.nesta semana

FACES - RENATA PEÇANHA

Dias: 07 a 09 de dezembro
Horário: sexta às 19h, sábado às 16h e domingo às 17h
Preço: R$ 1,00
Dia 08.12, sábado, comentários e participação de: Álvaro Reis (conexões criativas)
Loft

FACES é um espetáculo com a duração de aproximadamente 1:20 minutos, dividido em dois atos de 40 minutos cada, com um intervalo de 15 minutos entre eles, que constará de 16 coreografias no total desenvolvidas em 14 ritmos diferentes, contando com a participação de 16 bailarinos.

Faces demonstra um pouco da história e desenvolvimento da dança, focando o sentido libertador e transformador da mesma, permitindo ao ser, a cura de suas inquietações internas, melhorando seus relacionamentos interpessoais. Mostra as atitudes do ser humano em oito faces do relacionamento social, e com a natureza durante o seu processo de evolução.

Com idealização e coreografias de Renata Peçanha, Faces tem a intenção de mostrar as diversas personalidades, atitudes do ser humano no momento de sua busca pelo prazer da realização. Nesta busca, o homem é capaz de sorrir, brincar, mentir, ludibriar, se apaixonar, maltratar, se doar, se fechar, amar, se entregar aos sonhos...

Classificação etária: Livre



.atividades do núcleo de dança e educação do centro coreográfico  

Quer agendar sua visita ao Centro Coreográfico e a Exposição Rio Dança? Escreva paradancaeducacao.cco@gmail.com e faça uma visita guiada no espaço!

Quer participar e ficar sabendo de todas as atividades do Núcleo de Dança e Educação do Centro Coreográfico?  Acessehttps://www.facebook.com/ndecc e curta a página do NDECC.   


.importante

O Centro Coreográfico informa que iniciou no dia 19 de outubro de 2012 a migração dos seus contatos do Perfil para a Fan Page do CCo no Facebook.
Pedimos a todos que nos ajudem a divulgar essa informação e que curtam a página do Centro Coreográfico na internet através do link: www.facebook.com/centrocoreografico


---
CENTRO COREOGRÁFICO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO
RUA JOSÉ HIGINO, 115 - TIJUCA (ANEXO AO EXTRA DA AV. MARACANÃ)
TEL.: 3238-0357 / 3238-0601 / 2268-7139

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

IV Colônia de Férias Cultural Escola SESC 2012/13




Objetivos Gerais e período de realização

Colônia de Férias Cultural é um projeto da linha de ação política de educação de sentidos do público da Assessoria de Cultura da Escola SESC de Ensino Médio, que tem como objetivo principal oferecer um espaço de convivência e diversão ao público infantil, através de atividades lúdicas, fruição e formação em diversas linguagens artístico-culturais.
O desenvolvimento desta linha de ação política é norteado pelo entendimento do LAZER como forma de conhecimento, de saberes enraizados na cultura, tendo sua manifestação expressada como linguagem. A percepção do aproveitamento do tempo livre como uma forma moderna de significação coletiva do mundo possibilita uma apreensão ética e estética em prol da humanização e capazes de promover a emancipação, através de experiências culturais e educativas.

As atividades serão realizadas no período de 14 a 25 de janeiro de 2013 em horário integral: 09h00 às 17h30, e são divididas por faixa etária, a saber: 14 a 18 de janeiro – crianças de 05 a 08 anos, 21 a 25 de janeiro – crianças de 09 a 12 anos.

Inscrições, quantidade de vagas e autorizações

As inscrições acontecerão no período de 16 de novembro à 14 de dezembro de 2012, serão realizadas através do preenchimento de ficha de inscrição, disponível para download no blog da Assessoria de Cultura da Escola Sesc de Ensino Médio, solicitada pelo e-mail assessoriadeculturaesem@gmail.com ou presencialmente no Espaço Cultural Escola Sesc.
As fichas preenchidas deve ser entregues, anexadas da cópia de identidade/ certidão de nascimento do inscrito e uma foto, na Assessoria de Cultura da Escola Sesc de Ensino Médio, no período de inscrição supra estipulado, de segunda-feira a sexta-feira em horário comercial: 09h00 às 18h00.
As inscrições serão realizadas por ordem de entrega das fichas e da documentação solicitada. Serão consideradas apenas as fichas preenchidas de forma completa. Não será aceita a entrega tardia de documentação.
As inscrições e a participação nas atividades da colônia de férias são inteiramente gratuitas.
Ao inscrever a criança nas atividades o responsável fica ciente da liberação de autorização de imagens capturadas durante a realização das atividades, assim como autoriza a participação da criança em atividades externas.
As confirmações de inscrição dos participantes serão realizadas por contato telefônico e por correio eletrônico, até o dia 21 de dezembro de 2012.
Serão disponibilizadas 80 vagas, sendo estas divididas igualmente entre as faixas etárias informadas acima. Das 40 vagas disponíveis para cada faixa etária 50% serão voltadas ao atendimento da comunidade oriundos de bairros do entorno ao Espaço Cultural de e 50 % voltadas ao atendimento de filhos e dependentes de funcionários do Sesc e Senac/ DN e Escola Sesc de Ensino Médio.
Serão aceitas até 02 inscrições de um mesmo responsável, por faixa etária. Sendo responsável entendido como pai ou tutor legalmente constituído, não sendo aceitas inscrições realizadas por tios, avós e parentes de outros vínculos, na ausência da responsabilidade legal.
Em caso de preenchimento de todas as vagas oferecidas, será realizada uma lista de espera, que será utilizada em caso de desistência de participantes, sendo os responsáveis contatados pelos telefones e e-mails informados.

Condições para participação

Para participação na Colônia de Férias Cultural é necessário:
- que o participante tenha entre 05 e 12 anos de idade completos, sendo a participação limitada às atividades voltadas ao grupo etário em que será incluído.
- que o participante tenha disponibilidade para participação em todas as atividades propostas.
- que, preferencialmente, não tenha participado da edição anterior da colônia de férias cultural.
- que o participante esteja ciente da programação.
- que o responsável se comprometa com o transporte do participante até o Espaço Cultural Escola Sesc, deixando-o com o monitores responsável e buscando-o no horário estipulado para o inicio e fim da atividade.
- que o responsável informe quaisquer questões de saúde e necessidades especiais ou específicas ao participante.

Programação

A programação do projeto inclui atividades lúdicas, fruição e formação em diversas linguagens, inseridas em uma rotina diária: as atividades de recepção realizadas pela equipe de monitores, oficinas e atividade temáticas explorando conteúdo de linguagens artísticas e culturais,momento leitura incentivando o hábito da leitura e atividades de fruição nas linguagens: cinema, moda, circo, teatro, cultura popular, gastronomia através da apresentação de espetáculos e vivências. E como prática de atividades físicas somadas a noções de ecologia faremos um passeio ao Parque da Catacumba – Lagoa, onde será realizada uma atividade de arvorismo e um picnic.

O programa está assim apresentado:

Programação de 5 a 8 anos – 14 a 18 de janeiro

14/01 Segunda-feira
Oficina de Moda e Desfile com Chloe Lerina
Sessão de cinema: O pequeno Narigudo

15/01 Terça-feira
Brincadeiras de cultura popular com grupo Senzala
Sessão de Cinema: O reino dos gatos

16/01 Quarta-feira
Brincadeiras de circo
Sessão de Cinema: O grilo feliz
Espetáculo: “Erar é umano” com Cia. Sinequanon

17/01 Quinta-feira
Ecologia: Arvorismo e picnic com Lagoa Aventuras (atividade externa)

18/01 Sexta-feira
Oficina de culinária com Gourmet Mania
Sessão de Cinema: Kirikou – os animais selvagens
Show musical com o grupo Cria

Programação de 9 a 12 – 21 a 26 de janeiro

21/01 Segunda-feira
Oficina de Moda e Desfile com Chloe Lerina
Sessão de Cinema: Deu a louca na Cinderela

22/01 Terça-feira
Gincana de cultura popular com Grupo Senzala
Sessão de Cinema: Um gato em paris

23/01 Quarta-feira
Oficina de circo
Sessão de Cinema: As aventuras de Azur e Asmar
Espetáculo: “Erar é umano” com Cia. Sinequanon

24/01 Quinta-feira
Ecologia: Arvorismo e picnic na Lagoa Aventuras (atividade externa)

25/01 Sexta-feira
Oficina de culinária com Gourmet Mania
Sessão de Cinema: A lenda da vida
Espetáculo: As coisas que a gente não vê.

A programação pode sofrer alterações, sem aviso prévio, em caso de necessidade da coordenação do projeto.

Regras e informações úteis

- é obrigatória a participação do inscrito em toda a programação da Colônia de Férias Cultural, inclusive nas atividades de recepção e externas.
- cada participante ficará sob a tutela de um monitor, que acompanhará as atividades da criança ao longo da semana e que será o contato direto com os responsáveis. O monitor será apresentado ao responsável no primeiro dia de atividades.
- cada participante receberá no primeiro dia de atividades uma camiseta e um crachá de identificação que deverão ser usados ao longo da semana de atividades.
- os participantes devem usar roupas confortáveis, frescas e que possibilitem movimentação livre.
- sugere-se que a criança tenha para uso próprio um kit composto por: escova de dente, creme dental, protetor solar, repelente e toalha de mão. (principalmente no dia da atividade externa)
- cada criança deve trazer, em todos os dias, um recipiente para água – garrafa ou caneca plástica.
- cada criança deve trazer no primeiro dia de atividades uma peça de roupa própria – sem estampas ou aplicações – para a atividade de customização de roupas.
- Serão realizadas ao longo de cada dia de atividades 03 refeições: lanche matinal, almoço e lanche vespertino, caso a criança tenha alguma restrição ou dificuldade alimentar é necessário que o pai ou responsável informe à coordenação da colônia de férias, cooperando com as soluções para os casos informados.
- em caso de emergência o responsável será contatado imediatamente pelos telefones informados. Contamos com uma brigada de incêndio treinada para primeiros socorros e com o atendimento de UTI móvel para os casos extremos, sendo o socorrido encaminhado aos cuidados do médico ou hospital, informado na ficha de inscrição.
- casos de indisciplina durante a realização das atividades serão informados, pelos monitores aos responsáveis ao fim do dia corrente. Os casos extremos e reincidentes serão analisados pela coordenação da atividade ficando a continuação da participação da criança condicionada ao parecer e autorização da mesma.

Faça Download da ficha de inscrição 

Fonte: http://teatroescolasesc.wordpress.com/2012/11/20/iv-colonia-de-ferias-cultural/

Alunos da Escola Municipal Friedenreich que será demolida para obra do Maracanã ainda não sabem onde estudarão


Esta sexta-feira (30) era para ter sido o "dia D" para pais e alunos da Escola Municipal Friedenreich, que fica ao lado da entrada do Maracanã e será demolida para obras do estádio. Estavam marcados para hoje o último dia de matrícula de alunos nas escolas municipais da cidade e uma audiência pública na Câmara dos Vereadores sobre o destino da Friedenreich.
A audiência foi cancelada, pois ninguém da prefeitura ou do governo do Estado confirmou presença, e a matrícula, apesar de autorizada, não define em qual escola o estudante estará em 2013. De acordo com a prefeitura, a Friedenreich será mesmo demolida. Mas não se sabe ainda quando e para onde ela vai.
Os pais dos alunos ainda não têm garantias legais, do governo ou da prefeitura, de que seus filhos serão de fato dirigidos a um local adequado antes da demolição. Por isso, na última terça feira (27), o MP (Ministério Público) entrou com uma ação civil pública contra o governo e contra a prefeitura para impedir a derrubada.
Segundo a promotora do caso, Bianca Mota de Moraes, a confirmação da demolição ocorreu às vésperas do encerramento das matrículas para 2013, o que coloca em risco o direito à educação dos estudantes. “Não há uma nova localização onde os pais possam matricular seus filhos. Não é apresentado qualquer destino concreto, com prazo e endereço definidos para as novas instalações, o que inviabiliza a matrícula”, disse em nota.
  • Divulgação
    Sala de vídeo da Escola Municipal Friedenreich
Para lutar contra a demolição, o movimento social Meu Rio montou uma base demonitoramento online com transmissão de vídeo, em tempo real, na frente da escola, para vigiá-la 24 horas por dia. Se os tratores chegarem, os cerca de 900 voluntários serão alertados por mensagem de texto no celular, pela equipe do Meu Rio, para formarem uma barreira humana e impedirem a destruição da escola.
“Os professores, pais e alunos não sabem aonde a escola vai funcionar no ano que vem. O discurso da prefeitura é de que as instalações serão melhores. Quem garante? Legalmente não existe nenhuma garantia e nós queremos isso. O prefeito também havia dito que o autódromo só seria destruído depois da construção de um novo, e olha o que aconteceu”, explica Daniela Orofino, coordenadora da campanha. “Não existem motivos para demolir uma escola de ponta e substituí-la por uma quadra de aquecimento temporária. Não podem fazer a quadra em outro lugar?”, pergunta.

Segunda vez


Esta é a segunda ação que o MP promove para evitar a demolição da Friedenreich. A primeira, em 2009, foi arquivada, porque a Secretaria Estadual de Obras emitiu um documento afirmando que a escola não seria afetada pelas obras do Maracanã. Um mês depois, o Secretário da Casa Civil, Régis Fichtner, confirmou os planos de demolição. “Os pais dos alunos só descobriram sobre derrubada, em março deste ano, quando a imprensa divulgou o edital de concessão do Maracanã, que previa a derrubada da Escola”, conta Daniela.
A Friedenreich é a 4ª melhor escola municipal da cidade do Rio, de acordo com o Ideb 2011 (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). As instalações contam com quadra poliesportiva coberta, sala de leitura, sala de informática, ar-condicionado em todas as classes, quadro computadorizado, e é totalmente adaptada para deficientes, com rampas e corredores largos.
Procurada, a Secretaria Municipal de Educação, informou apenas que os alunos até o 4º ano têm a renovação de matrícula automática. A partir do 5º ano, os pais ou responsáveis serão chamados para escolher as escolas de sua preferência para onde o estudante será remanejado.
Para o vereador Paulo Messina (PV), presidente da Comissão de Educação e Cultura da Câmara Municipal, a escola deve permanecer no mesmo lugar. Caso isso não aconteça, a Friedenreich deve se manter no bairro do Maracanã, para causar o menor número de prejuízos aos estudantes. A expectativa da Câmara é de que a audiência pública seja remarcada para a segunda semana de dezembro.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Lume Teatro seleciona técnico de luz e som


Lançamento do livro "Palavras Praticadas O Percurso Artístico de Jerzy Grotowski, 1959-1974

O lançamento vai ser nessa quarta, dia 5, das 19 às 22h, na Blooks Livraria 



Sinopse: 

Palavras Praticadas
O Percurso Artístico de Jerzy Grotowski, 1959-1974

Tatiana Motta Lima
 
Em que termos se propõe para o teatro de hoje, no século XXI, a proposta grotowskiana, tal como consubstanciada no seu vocabulário e na visualização oferecida pelos testemunhos fotográficos e fílmicos? É o que Tatiana Motta Lima procura responder com Palavras Praticadas: O Percurso Artístico de Jerzy Grotowski, 1959-1974. O exame da relação entre termos e procedimentos é feito através da análise tanto do “percurso” da noção de ator quanto daquele da noção de espectador. Palavras-chave como autopenetração, ato total, corpo-vida, organicidade, arquétipo, dialética da derrisão e apoteose, espectador-testemunha, dentre muitas outras, remetem à materialização no contexto de sua criação e utilização. Surge, então, aos olhos do leitor, em plena ação da pesquisa, um Grotowski cuja paixão transmutadora e autocrítica converte o autodidata e aprendiz no incansável e genial investigador das potencialidades do artístico e do humano na cena teatral. Opção existencial e estética, ela segue o ditame de que interpretar e construir importa inevitavelmente em um ponto de vista, e o percurso da investigação é o da realização, pelo entrecruzamento, revezamento e fricção entre discurso e procedimento. Trata-se, portanto, de uma trajetória mais capilar e complexa do que uma abordagem simplesmente icônica do “mito Grotowski”, e, por isso mesmo, os seus ensinamentos sobre a vida na arte, como uma espécie de arte da vida, serão, é de se crer, de enorme proveito para o estudioso e o praticante do teatro em cena, tal como é exposta nas páginas deste penetrante estudo crítico e expositivo do legado grotowskiano.             
                            [J. Guinsburg]